Serviços logísticos

O que é o transporte terrestre internacional?

Neste artigo vamos nos referir ao transporte terrestre internacional, que como o próprio nome indica, é o modo de carregamento baseado no uso de veículos com rodas que circulam em estradas e rodovias.

Actualmente representa o segundo meio de transporte internacional de carga no mundo, apenas excedido em volume pelo transporte marítimo.

Isso é feito através de caminhões grandes, mas também de caminhões médios, ônibus e veículos de menor capacidade.

Para ser de natureza internacional, a carga deve ser mobilizada por pelo menos dois países, embora em muitos casos uma carga possa viajar por várias nações antes de chegar ao seu destino.

Um exemplo disso é a África, onde muitos países não possuem hidrovias internas e o transporte internacional de carga em todo o continente só é possível por via aérea ou terrestre.

Breve história do transporte terrestre

Até a invenção do automóvel, o principal meio de transporte de mercadorias por terra era ferroviário.

A primeira ferrovia nos Estados Unidos iniciou suas operações em 1827 e no ano de 1830 já havia mais de 1700 quilômetros de linhas ferroviárias naquele país.

Este número aumentou para mais de 8.000 quilômetros nos nove anos seguintes.

Entre 1850 e a primeira década do século XX, praticamente todos os Estados Unidos estavam cobertos por linhas ferroviárias.

Na Europa, países como a Grã-Bretanha e a Espanha também tiveram um rápido desenvolvimento desse meio de transporte, em parte graças à falta de grandes canais internos.

Simultaneamente, o despertar da indústria automobilística começou nos Estados Unidos.

Os primeiros automóveis, criados para as classes abastadas, deram lugar a modelos econômicos como Ford “A” e “T” e outros que poderiam ser comprados por famílias trabalhadoras.

Em pouco tempo, todos os tipos de veículos de carga surgiram nos EUA e na Europa, o que complementou muito bem os sistemas de transporte marítimo e ferroviário.

A Primeira Guerra Mundial estimulou a fabricação de caminhões cada vez maiores e, no final da guerra, uma frota terrestre com uma capacidade de carga muito alta estava disponível.

A pressão dos principais fabricantes de veículos levou o governo dos EUA a investir em uma rede nacional de rodovias e rodovias que mais tarde se tornaria a infraestrutura de transporte mais importante naquele país.

Em muitos países da América do Sul, as linhas ferroviárias foram construídas seguindo os interesses de grandes empresas e não da população, o que acabou tornando-as não lucrativas em poucas décadas.

Em alguns países, não houve sequer uma tentativa de construir trilhos de trem e a infraestrutura viária foi priorizada diretamente.

Soma-se a isso o fato de que a aquisição de material circulante tornou-se cada vez mais acessível para famílias e empresas.

A expansão das redes rodoviárias tornou possível ligar pontos menos remotos em cada país a um custo menor do que o trem.

Por essa razão, na América Latina, o transporte terrestre internacional é o mais utilizado entre os países vizinhos, mesmo entre aqueles que possuem uma rede ferroviária mais ou menos consolidada.

Um sistema altamente regulado

Se você deseja contratar um serviço internacional de transporte terrestre, é importante que você saiba como este modo de transporte e seus regulamentos funcionam.

Como o transporte aéreo ou marítimo, o transporte terrestre internacional é regulado por organizações internacionais que asseguram o cumprimento das leis e regulamentos relativos ao manuseio e manuseio da carga.

A prioridade é garantir a legalidade da carga e sua segurança ao passar por diferentes países.

Também procura proteger aqueles que compartilham o uso de rotas terrestres, isto é, trabalhadores, famílias e empresas locais que usam seus veículos para suas atividades diárias.

Por essa razão, o transporte terrestre internacional requer o uso de veículos apropriados para transportar cargas por longas distâncias, sejam caminhões ou veículos médios.

Estes devem estar em excelente estado mecânico e ter toda a documentação em ordem.

As operações e controles de trânsito aduaneiro também devem ser cumpridos ao sair de um país e entrar no território do país vizinho.

Quais tipos de carga podem ser transportados pelo transporte terrestre internacional?

Uma vantagem dessa modalidade é a maior variedade de produtos que podem ser movidos do que no caso de aviões e navios.

Eles podem ser movidos de produtos refrigerados e perecíveis para substâncias químicas, produtos de petróleo, gases e carga seca ou a granel, entre muitos outros.

Este sistema possui ampla disponibilidade de caminhões e veículos adaptados para cada tipo de carga.

No entanto, o transporte terrestre internacional é regulado por leis e regulamentos que garantem a segurança da carga e dos passageiros que utilizam as redes rodoviárias.

Estes regulamentos também afetam o tipo de carga que pode ser transportada ou não por uma determinada rodovia ou carretel

ra em cada país.

Isso inclui tudo relacionado ao tamanho, capacidade e características dos veículos usados ​​para frete internacional.

Portanto, os regulamentos relativos ao tamanho do veículo e à capacidade máxima de carga autorizada a circular em cada país devem ser conhecidos e respeitados.

No nível da carga, alguns países restringem o acesso de certos produtos agrícolas por razões fitossanitárias ou até a circulação de certos produtos químicos ao longo de suas estradas.

A nacionalidade dos veículos utilizados no transporte terrestre internacional também é importante. Na União Européia, eles devem estar matriculados em um dos países membros.

Outros países exigem a transferência de mercadorias para um veículo registrado localmente, o que pode aumentar consideravelmente os custos de frete.

Felizmente, muitos países têm acordos com seus vizinhos para permitir a passagem de seus veículos de carga com uma licença provisória, mediante o pagamento de certas taxas e a compra de um seguro especial.

A documentação do driver também é importante. Eles devem ter um passaporte válido ou documento de identidade no país para o qual a carga vem, assim como acontece com qualquer viajante regular.

Como regra geral, é necessário um manifesto de carga que inclua dados como:

A data de partida e o local de embarque do veículo.
Classe, nacionalidade, tamanho e nome do veículo.
Dados da carga, incluindo seu nível de perigo, origem industrial ou biológica e outros dados que indicam a necessidade ou não de um tratamento especial.
Dados dos remetentes e consignatários da carga, além da empresa responsável pela operação de remessa internacional.
Informações detalhadas sobre as marcas, numeração, pacotes, peso e conteúdo da carga.
Informações sobre o valor declarado da carga e a quantidade de frete e despesas adicionais também são necessárias.

Por motivos legais e de segurança, são necessárias informações detalhadas sobre a empresa que realiza o transporte terrestre, bem como quem contrata esse serviço.

Qualquer falta de documentação ou requisitos pode causar sérios atrasos na alfândega ou mesmo a proibição de entrada de uma carga em um país específico.

Como contratar serviços internacionais de transporte terrestre no Paraguai?

Se você deseja contratar um serviço de transporte terrestre internacional de ou para o Paraguai, pode consultar os especialistas da Alfa Trading S.A., uma empresa com 25 anos de experiência em frete internacional.

Alfa Trading S.A. é reconhecida no Paraguai como uma empresa com uma longa história no mundo da logística.

Nossa missão é apoiar exportar ou importar clientes a partir do momento em que a carga sai dos depósitos do fornecedor até chegar ao destinatário final.

Você também pode estar interessado em: